ACDI Portuguese

StoryBoard Case Study Brazil

Issue link: https://hub.acd-inc.com/i/1375195

Contents of this Issue

Navigation

Page 0 of 1

Os escritórios de contabilidade devem faturar corretamente para se manter rentáveis. Se um funcionário dedica muito tempo a um cliente, ou se um cliente não paga o suficiente para cobrir suas despesas, os escritórios de contabilidade podem rapidamente se encontrar de ponta cabeça com um sério problema de fluxo de caixa em suas mãos. Devido à natureza dos serviços de contabilidade, os escritórios crescem adicionando clientes e funcionários qualificados para dar apoio àqueles clientes com diversas tarefas como pagamento de contas, escrituração contábil, contas a receber, serviços fiscais, etc. Há um equilíbrio tênue entre ter pessoal adequado e permanecer no lucro. Ter muitos funcionários levará a um menor lucro por cliente e ter poucos deixará os clientes frustrados e os funcionários sobrecarregados. char a proporção certa de funcionários - clientes é a diferença entre sucesso e fracasso para a maioria dos escritórios. É bem possível rastrear as horas trabalhadas pelos funcionários e o faturamento dos clientes, mas se torna uma tarefa bastante trabalhosa ver quais funcionários trabalharam em quais casos, qual é sua carga horária e o valor das horas trabalhadas e se os clientes estão pagando o suficiente para cobrir suas despesas. s dados para controle de horário e faturamento residem em diferentes sistemas e são rastreados em diferentes níveis de granularidade, portanto, obter dados claros e de fácil manuseio é um desafio maior do que deveria. Como este processo é de natureza manual, é pouco provável que as empresas façam esta análise com frequência, o que deixa a cobrança aos clientes à intuição e a adivinhação. A primeira questão que um escritório precisa responder é se eles estão rastreando dados suficientes para poder calcular sua rentabilidade por cliente. sso inclui o seguinte: • Rastreamento de tempo por funcionário • Rastreamento de tempo por cliente e itens de serviço • Receita por cliente e itens de serviço (opcional, mas de preferência) • Gastos por cliente (se aplicável) A segunda questão que a empresa deve investigar é quão automatizados estão os mecanismos de rastreamento nestas plataformas? • Os funcionários têm que bater ponto manualmente ou alternar entre itens de serviço? • Os clientes são cobrados e pagam em dia? u os valores das faturas são debitados automaticamente a partir de suas contas? • Existe um processo manual de reconciliação no final do mês para alocar adequadamente as despesas ou receitas do cliente? A compreensão das eventuais armadilhas e dos passos manuais que podem levar a uma entrada de dados incorreta é fundamental para garantir a precisão dos resultados sobre os quais os usuários comerciais tomarão decisões. Problema Os dados para controle de horário e faturamento residem em diferentes sistemas e são rastreados em diferentes níveis de granularidade, portanto, obter dados claros e de fácil manuseio é um desafio maior do que deveria. As Preguntas que os Escritórios devem se fazer Estudo de Caso CONTABILIDADE 800.990.2234 | www.acd-inc.com/storyboardhome/

Articles in this issue

Links on this page

view archives of ACDI Portuguese - StoryBoard Case Study Brazil